Na sequência da tragédia: sofrimento e a vida após o incêndio da Boate Kiss

Monalisa Dias de Siqueira, Ceres Gomes Víctora

Resumo


Este artigo visa refletir sobre desdobramentos pessoais e coletivos daquilo que ficou conhecido como a tragédia de Santa Maria e sobre o que está em jogo para aqueles que tiveram suas vidas profundamente afetadas pelo incêndio da boate Kiss. Para tanto, realizamos pesquisa etnográfica que envolveu observação participante de manifestações públicas relacionadas ao ocorrido; entrevistas e acompanhamento de pais de jovens que padeceram no incêndio; e coleta de dados divulgados em jornais e mídias sociais. Analisamos dois espaços sociais de reconstrução do mundo: (1) o movimento político, onde a luta por justiça e pela punição dos culpados pela tragédia se apresentaram como veículos de reorganização da vida daqueles que hoje convivem com o luto; (2) a espiritualidade, mais especificamente a doutrina espírita kardecista, onde os significados, a relação com o evento e com outros agentes envolvidos são modelados pelos diferentes planos de existência humana e espiritual.


Palavras-chave


Sofrimento, Tragédia de Santa Maria, Espiritualidade, Kardecismo, Boate Kiss

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/antropolitica2018.0i44.a466

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';