Os estudos antropológicos dos esportes no Brasil: perspectivas comparativas com a América Latina

Simoni Lahud Guedes

Resumo


Considerando os recentes desenvolvimentos dos estudos antropológicos sobre esportes no Brasil (cf. TOLEDO, 2001; GUEDES, 2010), objetiva- se, neste texto, propor uma reflexão sobre o campo de estudo dos esportes na Antropologia brasileira e as possibilidades de pesquisas comparativas na América Latina. Sob tal ponto de vista, será buscado um diálogo com o balanço e a agenda proposta por Pablo Alabarces (2004), visando acentuar algumas das problemáticas que possam vir a se constituir em projetos conjuntos. Serão elencadas duas propostas metodológicas consideradas sugestivas para a elaboração de projetos comparativos.

Palavras-chave


esportes; antropologia; comparação; América Latina.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/antropolitica2011.0i31.a88

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';